27 de mar de 2017

Fabiana Milazzo Inverno17

por Vila Konceito

Boa tarde…

Em sua estreia no SPFW, Fabiana fez uma coleção inspirada no Brasil. Sim, na nossa fauna, paisagens e arquitetura, mas também nas “pessoas que fazem, em quem está por trás do que a gente faz, que borda, costura…”, conta a estilista.

Fabiana tem um projeto social chamado Mulheres de Renda, em que elas podem levar o filho junto e ele tem espaço pra brincar, aulas de música e futebol enquanto as mães aprendem a bordar. O trabalho manual é uma das características principais no trabalho de Fabiana e ela busca sempre se atualizar com novas maneiras de trabalhar o bordado sem ficar datado. Assim, essa capacitação de mulheres é algo que, de fato faz diferença na vida das famílias que participam e também no trabalho da marca.

Este desfile foi uma ótima amostra da capacidade de Fabiana em agradar mulheres de estilo e necessidades diferentes. O estilo casual invade a festa e vice versa, resultando em equilíbrio e leveza para os dois lados. Há os vestidos lindamente bordados e que consumiram um mês de trabalho cada. Há as peças em jeans – blusões oversized, saias, trench coats – que aparecem em bordados misturando lã e pedraria ou com aplicação de tiras de jeans reaproveitados, que seriam descartados. “Eu evito ao máximo o descarte e gosto de reaproveitar tecidos”, diz.

Fabiana é verdadeiramente uma pessoa generosa. Credita o trabalho de todos, como o da ONG Casulo Feliz, composto por ex-presidiárias que fizeram o fio de seda para casacos e blusas da coleção. Vale destacar também o trabalho de Luis Felipe Guimarães, 16 anos, sobrinho da estilista. São dele os lindos desenhos que aparecem ao final do desfile. Pássaros coloridos, crianças, flores decoram alguns vestidos em um dos momentos mais bonitos e delicados do desfile.

Super tímido, consegui arrancar de Luis Felipe um áudio pelo whatsapp sobre a participação dele. “Minha tia pediu para eu fazer desenhos que representassem várias regiões do Brasil. Daí tive que pensar bastante para descobrir como representar isso. E fiquei impressionado com o resultado final, com o que ela fez com os desenhos. Gostei muito”. Essa timidez e um olhar que ainda mantém certa inocência ficaram registrados nos looks, românticos sem pieguice, delicados e frescos. E Isabeli Fontana, cada vez mais linda, fecha o ciclo. 

 

Espalhe na rede:

22 de mar de 2017

O inverno da Lolitta

por Vila Konceito

Boa tarde…

Lolitta Hannud escolheu a Commedia dell´arte como ponto de partida. Forma de teatro popular que surgiu no século 15 na Itália, essa arte não é a inspiração mais fácil de ser trabalhada na moda de uma maneira que não fique caricato. Na Commedia, os atores usam figurinos coloridos, com padronagens geométricas, e seguem um roteiro simples, sempre incentivados a improvisar e interagir com o público.

Os 22 looks desfilados mostram que Lolitta aproveitou a oportunidade também para dar ao trabalho mais liberdade, ainda que dentro de sua própria identidade. O cenário cru deixou a roupa ser a única personagem do espetáculo. Lolitta mostra amadurecimento e desejo de sair da zona de conforto, trabalhando com a modelagem mais ampla que começou a tomar força na última temporada. Suas peças mais conhecidas são as “body conscious“, com shape justo, e o trabalho com faixas e recortes.

Aqui, a estilista usou tons mais sóbrios – para um resultado muito elegante – e formas mais soltas. Mesmo os evazês tinham movimento e leveza. E o vestido com decote ombro a ombro trouxe um ar romântico, assim como as mangas com volumes. Vale destacar a mule, que é um mimo à parte. Uma coleção para o dia e para a noite de muitas temporadas. 

 

Espalhe na rede:

20 de mar de 2017

Lilly Sarti para Vila Konceito

por Vila Konceito

Boa tarde…

Lilly e Renata Sarti, duas irmãs sempre impecáveis e elegantes, são as melhores garotas-propaganda de sua grife. Elas frequentam as melhoras festas de São Paulo e sempre chegam, atraem os flashs e a curiosidade, principalmente das mulheres interessadas em conferir o que elas estão usando dessa vez.

Filhas de empresários, Renata e Lilly já sabiam desde cedo que queriam seguir o caminho oposto das meninas de sociedade com vocação para dondocas. “Tinha muitas amigas assim, mas não era para mim”, contou Lilly em uma tarde de quarta-feira, na loja de sua grife nos Jardins, em São Paulo. Mais pragmática, é Renata quem conta a origem da ideia do negócio: “Lilly sempre teve esse jeito de artista. Quando a gente era criança, ela desenhava roupas e cantava Maria Callas na sala de casa”, recorda, entre uma ligação e outra, no showroom que funciona no andar de cima da loja.

Quando a marca começou há cinco anos, Lilly tinha apenas 19 anos, e, claro, não entendia nada do mercado. “Na época havia a moda dos vestidos longos estampados. Fiz 15 modelos com a minha costureira e vendi todos em uma semana!”, conta. Manu Elias, filha do badalado arquiteto Jorge Elias e Heleninha Bordon, filha de Donata Meirelles, foram as primeiras clientes da marca. Aos olhos atentos de Renata, empreendedora e com um ótimo tino comercial, o fato de Lilly vender seus vestidos tão rápido era o estímulo que faltava para as duas entrarem no mundo dos negócios. Com a família de empresários no ramo de construção e frigoríficos, Renata aprendeu em casa a dar valor ao dinheiro.

“Queria estudar administração de empresas e estava começando a faculdade, na época. Sempre fui muito organizada com o dinheiro. Tinha aplicações com a minha mesada.” Renata e Lilly estudaram nas melhores escolas, conheceram a Europa e tiveram contato com a moda desde cedo. “As amigas sempre queriam as nossas roupas”, conta a estilista da marca.

 

 

Espalhe na rede:

16 de mar de 2017

MES

por Vila Konceito

O luxo e a sofisticação aliados a uma essência fashion são os atributos que criam a identidade da MES. A criação das peças une primorosas técnicas com exclusividade.

A herança do fazer manual estrutura a marca. Com mais de 25 anos de experiência na produção artesanal, a equipe é especializada no corte e fabricação manual das peças, utilizando técnicas e conceitos tradiconais europeus.

Preocupados com toda a cadeia produtiva utilizamos apenas matérias primas naturais e renováveis, garantido máximo qualidade e excelência aos produtos.

 

1


5

6

7

8

9

10

Tags ao post: ,, , ,

Espalhe na rede:

14 de mar de 2017

Tigresse para Vila Konceito

por Vila Konceito

Boa tarde…

A Tig Renata Figueiredo é reconhecida pela identidade forte de suas prints exclusivas e referência quando se trata de seda estampada. A label nasceu do sonho de menina criada dentro da boutique de luxo da mãe, que cresceu acompanhando as marcas internacionais vendidas para as melhores multimarcas do Brasil.
A partir dessa vivência, a estilista foi capaz de desenvolver um entendimento de moda apurado e DNA artístico aflorado.
São 12 coleções por ano, cada uma com inspirações e temáticas diferentes, histórias com começo, meio e fim; ao contrário do que acontece no mercado de pronta-entrega; que faz lançamentos de itens isolados no decorrer das estações.
A marca é reconhecida pela qualidade e criatividade de suas prints, desenvolvidas com exclusividade.
Cada uma delas é criada imaginativamente de forma manual e ilustram o conceito da coleção à qual pertencem.

 

1

 

2

 

3

 

4

 

5

 

6

 

7

 

9

 

10

Espalhe na rede:

10 de mar de 2017

Inverno 17 – Isolda

por Vila Konceito

Bom dia…

A nova coleção de Inverno 2017 da Isolda viaja no passado e aporta na Bahia dos séculos 18 e 19 para explorar o auge de sua riqueza colonial e influência africana, presentes até hoje na cultura baiana e no sangue das criadoras da grife, Juliana Affonso Ferreira e Maya Pope.

A dupla, que cresceu na região, mais especificamente na rua do Jacarandá no Horto Florestal, em Salvador, também abre seu baú de memórias para trazer à tona referências de infâncias para a temporada. As brincadeiras na rua repleta de buganvílias, o sobre e desce nos pés de manga e as divertidas tranças “tererês” que faziam nos cabelos hoje estampam peças em lindos desenhos aquarelados. A verdade tropical do estado mais vibrante do país, o colorido suave das praias e do mar, a força do folclore e os perfumes da cozinha temperada de magia também entram no tabuleiro das baianas, além de belas imagens de dois fotógrafos fundamentais para o entendimento da cultura negra no Brasil e no mundo, o francês Pierre Verger e Seidou Keïta, do Mali.

Seda, organza, crepe, linho, algodão e couro são a base da coleção que traz uma estética leve em calças, saias, vestidos e blusas ultra femininas. Detalhes artesanais e tecidos exclusivos imprimem delicadeza, elegância e originalidade – fatores fortemente presentes no DNA da marca. O brocado dourado e vinho e as franjas revelam produções ricas e muito especiais em referência aos orixás, a renda richelieu em puro linho remete às mulheres baianas que costumam usar branco às sextas-feiras pela influência do Candomblé e por sinalizar a paz.

Outras marcas registradas da Bahia aparecem na coleção como as pintinhas da galinha d’angola, as folhas tropicais nos brocados e os tradicionais ourives que se basearam na cultura afro para desenvolver as “jóias de crioulas”, balangandãs e talismãs em ouro, prata e outros metais preciosos carregados de todo simbolismo místico da África.

 

2

3

4

5

6

7

9

10

11

12

13

14

16

Espalhe na rede:

08 de mar de 2017

Lolitta para Vila Konceito

por Vila Konceito

Bom dia…

Um tricô longe do lugar-comum, referência entre as it girls que ditam as tendências no mercado de luxo brasileiro. Assim é LOLITTA, uma marca que em pouco tempo, demonstra a consistência e a validade das grandes labels. O nome por trás da grife – Lolita Zurita Hannud – é de uma jovem e talentosa empreendedora, LOLITTA aprendeu desde cedo a criar, filha de Rosana Zurita, tradicional confeccionista de malhas, a estilista conhece a moda do croque ao chão da fábrica.

Para aprimorar a experiência que veio de berço, LOLITTA foi buscar em Boston (Massachusetts/EUA), no curso de fashion design, as técnicas mais avançadas de criação e desenvolvimento, hoje presentes em todo seu trabalho. A marca se caracteriza por um tropicalismo elegante, preocupado em acompanhar as formas do corpo da mulher, em um cuidados jogo de cores, brilhos e luzes.

LOLITTA produz sua moda em pequenas quantidades e com um acabamento exclusivo, possível apenas função do cuidado manual da elaboração de cada peça.

 

l1 l2 l3 l4 l5 l6 l7 l8 l9 l10 l11 l12

Espalhe na rede:

07 de mar de 2017

Marcelo Quadros – Inverno 2017

por Vila Konceito

Bom dia…

Marcelo Quadros iniciou sua carreira como designer de moda no início dos anos 90, sendo produto do famoso evento de moda brasileiro “Phytoervas Fashion”, onde o foco principal foi encontrar novos talentos no mundo da moda. Após três anos de participação e sucesso neste evento, foi convidado para ser o designer-chefe da casa de moda brasileira Ellus, onde trabalhou por 4 anos e teve a oportunidade de colaborar com os melhores nomes da indústria da moda brasileira, como Nelson Alvarenga, Adriana Bozon, Regina Guerreiro, Paulo Borges, Carlos Pazetto, Marcelo Seba, entre outros, também trabalhou internacionalmente com nomes como Terry Richardson, Mila Yovovich e Tom Munro.

Em 1998, Quadros decidiu iniciar seu próprio projeto pessoal, sua própria marca que leva seu nome, ele queria criar uma marca sofisticada, exclusiva e exuberante.

No início de sua carreira solo, participou de diferentes edições da Fashion Week no Brasil, chamada Casa dos Criadores, o que o ajudou a obter reconhecimento imediato e alta demanda das mais importantes lojas de varejo e boutiques do país.

Em 2003, a marca Marcelo Quadros fez a formação para a Semana de Moda de São Paulo, onde participou mais de 5 vezes. Ao ter sucesso no Brasil, ele foi reconhecido como “A Nova Estrela na Moda 2004″ durante sua primeira participação na Miami Fashion Week.

Após 15 anos no mercado, a marca é símbolo de sofisticação e exclusividade, sendo vendida em aproximadamente 65 lojas no Brasil e 6 lojas no mundo. Foi apresentado em todas as revistas de moda e editoriais. Agora seu ateliê funde Moda e negócios, a Quadros desenvolveu produtos para marcas bem conhecidas como Nespresso, Daslu e Moet-Chandon.

 

1

 

2

 

3

 

4

 

5

 

6

 

7

 

8


10

 

11

 

12

 

13

 

14

 

15

 

16

 

17

 

18

 

19

 

20

 

21

 

22

 

23

 

24

 

25

 

26

 

27

 

28

 

29

 

30

 

31

 

32

 

33

 

34

 

35

 

36

 

37

 

38

 

39

 

40

 

41

 

 

Espalhe na rede:

06 de mar de 2017

Inverno 2017 da Talie NK para Vila Konceito

por Vila Konceito

Bom dia…

O univerno onírico e cheio de poesia da ilutradora australiana Ida Rentoul Outhwaite se entreleça com o clima surreal das fotogradias de Tim Walker e o lado lúdico e universal dos desenhos de Troche para inspirar a estilista Sara Kawasaki na nova coleção da Talie NK de Natalie Klein.

Alfaiataria em seda e vestidos fluidos de renda e tule dão o tom delicado pra esse outono-inverno 2017.

Confiram um pouco da coleção:

nk1


nk5

 

nk6

 

nk7

 

nk8

 

nk10


nk12


nk14


nk16


nk18


nk20

 

 

nk22

 

nk23

 

nk24

 

nk25

 

nk26

 

nk27

 

nk28


nk30

Espalhe na rede:

04 de mar de 2017

Poesia do Campo – Inverno 2017 Mixed

por Vila Konceito

Bom dia…

Após o frescor retratado em nosso verão, o convite da Mixed em 2017 é sentir a beleza e a poesia que o campo nos traz.
É respirar o verde das folhas e arvores e observar a botânica inteira. Apreciar a beleza das flores, das frutas frescas que convidam abelhas e mosquitos e provarem de seu doce sabor.

O glamour é representado pelo cavalo, que com a sua pompa e circunstância, seu porte altivo e elegância, nos faz sonhar e cavalgar à lugares distantes e inusitados.

Para transmitir todas as sensações da coleção: estampas, tecidos como o chiffon, a seda e a renda, além de fazerem alusão ao clima romântico vitoriano, trazem leveza.
Verde, rosa, tons terrosos, um toque de cereja e cores neutras – como o cinza grafite e o off-white -, nos trazem perto do ambiente e do clima do campestre.

As estampas, retratadas sutilmente na poesia sempre contam uma história: cavalos, insetos voando, flores e botânica em ramos ou P&b: tudo composto com xadrez e listras. Tudo lindo, glamuroso e usável!
Saias midis mais longas para serem compostas com botas custas, um must have! Vestidos sexys vaporosos, muito xadrez e casacos longos para sobrepor nos looks. Muita pantacourt ou calça croped, uma necessidade!!! Muita camisa e laços nos pescoço.

Tudo adequado ao tempo, para usar já!
Aproveite para sonhar pois este inverno será lindo e único.

 

m1

 

m3

 

m4

 

m5


m8

 

m9

 

m11

 

m12

 

m13

 

m14


m16

 

m17

 

m19

 

m20

 

m2

m10

m18

Espalhe na rede: